Música

O Poder Extraordinário da Música

Texto: Wanessa Marçal

Não há definição melhor do que dizer que a Música é a Arte de combinar Sons. Essa sem dúvidas, é uma forma simples de definir o que é a Música.

Se você parar para observar os sons que estão a sua volta, chegará a conclusão de que a música é parte integrante da nossa vida, ela, está presente em tudo e em todos os lugares, como nas ruas, ao ligar o som, ver TV, cantarolar no banheiro, ou até mesmo nos simples sons dos passarinhos.

A música é a linguagem universal. Ela desperta um sentimento de emoção a quem ouve e foge de tudo o que se pode racionalizar. Penetra nos sentidos e altera a percepção de forma mágica! A capacidade de percebe a “alma do compositor” em cada nota, verso e melodia nos conduz ao mundo das sensações. A música quando tocante, certamente nasceu de um sentimento verdadeiro de quem compôs. Ela é sim, um ato de amor traduzido em palavras e sons!

A música existe e sempre existiu como produção cultural, pois de acordo com estudos científicos, desde que o ser humano começou a se organizar em tribos pela África, a música era parte integrante do cotidiano deles. Acredita-se que a música tenha surgido há 50.000 anos, onde as primeiras manifestações foram feitas no continente africano, expandindo-se pelo mundo com o dispersar da raça humana pelo planeta.

A música, ao ser produzida e também reproduzida, é influenciada diretamente pela organização sociocultural e econômica local, contando ainda com as características climáticas e o acesso tecnológico que envolve toda a relação com a linguagem musical. É aí que nasce os gêneros musicais como; Pagode/Sertanejo/Rock/Forró/Axé/ e muitos outros que existem em todo o mundo. A música possui a capacidade de traduzir os sentimentos, atitudes e valores culturais de um povo ou nação. A música é uma linguagem local e ao mesmo tempo global.

A música é uma forma de energia tão poderosa que de acordo com muitas lendas, os próprios deuses a teriam criado. Diz o mito que na Grécia antiga os deuses tinham presenteado Orfeu com o dom da música. Orfeu tocava lira de tal forma que era capaz de encantar montanhas, árvores e animais selvagens. No passado as pessoas evocavam o poder mágico da música para buscar ajuda na vida cotidiana. Hoje em dia isso parece mais do que necessário, uma vez que as evoluções tecnológicas trouxeram também frustrações, cobranças e a velha correria do dia-a-dia. A música é capaz de reduzir consideravelmente a alta frequência em que vivemos e nos cura dos males da vida moderna.

Algumas tradições antigas sugerem, por exemplo, que o ritmo tem o poder de provocar mudanças físicas, a melodia estimula a mente e as emoções, enquanto a harmonia ajuda a entender melhor as questões espirituais, justificativa essa, muito usada na “musicoterapia”.

A boa música é aquela que faz bem aos nossos ouvidos, ao nosso corpo e a nossa mente! O ritmo, o estilo, a melodia, podem ser melhores ou piores de acordo com quem a escuta, mas uma coisa é certa; são inúmeros os benefícios que a música o poder trazer.

A música tem um poder oculto, e apesar do apelo comercial que existe hoje, ela, tem uma capacidade de transformação nas pessoas (dentro da psicologia já é confirmado), não só na musicoterapia, mas como promoção de saúde e cidadania. Os efeitos para a saúde física são os mais variados que se pode imaginar – fortalece o sistema imunológico; capacita o individuo a concentração; permite um melhor fluxo sanguíneo, já que ativa o corpo de diferentes formas; produz uma capacidade respiratória, na medida em que se usa o som da voz. Além de todos esses benefícios á música está sendo utilizada até mesmo como alfabetização de crianças, uma técnica adotada por professores que vem dando muito certo.

Em todos os tipos de situações, seja ela qual for, a música é sempre uma possibilidade de expressão e criatividade muito forte, ela “alicia” as pessoas positivamente dentro dos próprios estímulos que cada um tem.

Certamente a música tem seu poder! E podemos não apenas reproduzi-la mas, aproveitá-la para nos tornarmos melhores pessoas no mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.