FMI soa o Alarme: Europa e Estados Unidos podem entrar em recessão em 2012

Com o recente rebaixamento do débito da terceira maior economia da União Europeia e a publicação de tímidos indicadores econômicos acerca da economia norte americana e de outros países envolvidos na “crise da dívida mundial”, o FMI anuncia o risco de uma recessão para boa parte do Hemisfério norte no próximo ano.

De acordo com o top News da Reuters, Oliver Blanchard, chefe executivo do FMI (Fundo Monetário Internacional) teria afirmado que tanto os EUA quanto a zona do Euro poderiam voltar à recessão, caso ações melhor coordenadas não forem tomadas o mais rápido possível.

O medo de um possível calote grego se espalha pelo mundo, já que o país que enfrenta seu terceiro ano de recessão encontra dificuldades em cumprir com os termos de seu salvamento econômico pelos países mais abastados do continente, notadamente a Alemanhã. Embora Evangelos Venizelos, o presente ministro de Finanças e primeiro Ministro, afirma que a Grécia honrará com todos os acordos, muitos críticos se mostram duvidosos da habilidade da frágil economia grega conseguir garantir uma dívida que já soma 150% do PIB Nacional.

O Top news da Reuters também informou que O Brasil ofereceu 10 bilhões de dólares para combater a crise do débito na União Europeia e afirmou estar tentando convencer outros países do BRIC(grupo de nações emergentes) como China, Rússia e Índia a investirem também, especialmente na compra de títulos da dívida de tais países, a fim de combater a crise na economia Europeia.

Fábio Santos para o Nuve(n)Digital 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.