CÉLULAS-TRONCO: O QUE ELAS PODEM FAZER POR NÓS

células tronco embrionárias
células tronco embrionárias

A divulgação esta semana de que  a Geron, empresa norte americana pioneira em pesquisas com células tronco embrionárias, estaria encerrando suas pesquisas nesta área por motivos financeiros, causou descontentamento a interessados na continuidade das pesquisas com esse tipo de células, enquanto que opositores  a pesquisas com embriões  humanos comemoraram.

Paralíticos, pacientes com lesões na coluna, cegos e pacientes a espera de transplante são apenas alguns  dos que podem ser beneficiados por pesquisas com células tronco.  Mas um grande dilema ético atormenta pesquisadores e a sociedade em geral. Dos dois tipos de células tronco conhecidos apenas um, as células-tronco embrionárias, oferece um número praticamente ilimitado de aplicações. Mas para que estas células sejam extraídas é preciso que se destrua um embrião humano fato que gera muita polemica entre religiosos e interessados no assunto.

Células tronco podem ser usadas para a produção de tecidos e até órgãos  inteiros.


Pesquisas já demonstram os efeitos  de injeções de células-tronco na recuperação de tecido danificado, como em casos de derrame cerebral (acidente vascular cerebral -avc)  e  infarto. Porém as questões éticas continuam: no caso do uso de células embrionárias – deve-se  impedir o desenvolvimento de uma vida humana para se tentar melhorar a qualidade de vida de uma outra? Ou mesmo cultivar embriões com esse interesse? O que consiste um ser humano? Quem tem o direito de definir isto? Quais são os limites? 

Mas o que são  mesmo células tronco?

Células troncos são células não especializadas, sem uma função fixa, que tem o potencial de se transformarem  em outras células especializadas ex. células epiteliais, cardíacas olfativas etc. Assim sendo, elas são consideradas pluripotentes, com o potencial de se tornar qualquer uma das mais de 300 tipos de células que forma o corpo humano.

Os cientistas conhecem dois tipos de células tronco: as células tronco embrionárias, que como o próprio nome sugere são extraídas de embriões,  estas podem se transformar em qualquer tipo de célula; outras são as células tronco adultas,  ou maduras, que existem em nosso corpo durante toda a nossa vida e cujo a especialização é limitada. Estas ultimas não parecem poder se diferenciar na mesma proporção que as primeiras, no entanto, pesquisas nesta área  continuam juntamente com a polemica sobre delas.

Leia mais sobre este e outros assuntos no blog tratamentocomcelulastronco e no site do Globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.