MOBILIDADE URBANA EM SALVADOR: SONHO OU REALIDADE

engarrafamento
O Engarrafamento é um problema recorrente em muitas cidades Brasileiras.

Com a chegada da Copa do Mundo 2014 em Salvador, a cidade se prepara para proporcionar uma melhora considerável na mobilidade urbana. Pelo menos é a proposta do governo que já se articula para tornar passado, a dura realidade enfrentada pelos soteropolitanos e metropolitanos, a exemplo de Lauro de Freitas. Há alguns anos os baianos sofrem muito com o trânsito caótico não só nos horários considerados de ‘pico’ mas em qualquer momento do dia.

Uma moradora da Pituba que não quis se identificar disse que “trabalho na região do Iguatemi. Antes fazia o percurso em 5 minutos, hoje são 40 minutos. Em entrevista ao site www.portal2014.org.br, Dilma Roussef, presidente do Brasil, destacou que “não seria possível fazer o PAC Grandes Cidades sem colocar o foco em Salvador, que, de fato, hoje, é uma das grandes concentrações populacionais do Brasil, com 2,7 milhões de pessoas e cerca de 680 mil veículos.

Salvador, Lauro de Freitas e municípios vizinhos terão o Sistema Integrado de Transporte Metropolitano. Esse Sistema de transporte será misto onde será construído um corredor central estruturante de veículos sobre trilhos, passando pela Rótula do Abacaxi, mais conhecido com acesso norte, até a Avenida Luis Viana Filho (Paralela). “Também será usado o modelo atual (ônibus) ou BRT, percorrendo vias e avenidas como as avenidas Dorival Caymmi, Orlando Gomes e Pinto de Aguiar.”

Texto por Risia Maia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.