CARIMBOS – UMA DAS MAIS ANTIGAS FERRAMENTAS DE TRABALHO

Fonte: Wikipédia

Fundamentais na liberação de documentos em empresas de todo o mundo, o carimbo é um dos acessórios mais utilizados no cotidiano de profissionais de várias  áreas. A palavra carimbo vem da língua africana quimbundo (kirimbu), que no português passou a denomianr o instrumento com o qual se marcava os escravos antes de serem embarcados para as Américas, representando o pagamento de seus impostos à coroa.

Posteriormente, os carimbos passaram a ser utilizados para lacrar e assinalar correspondências e documentos, sendo confeccionados artesanalmente. Sua popularização foi estabelecida a partir do desenvolvimento da imprensa, que possibilitou a sua ampla produção, tornando-se comum em outros segmentos profissionais.

Uma das primeiras empresas a utilizarem o objeto foram os correios, que assinalavam a data de postagem e o local em que as cartas foram feitas por meio de carimbos. Atualmente, os acessórios são fundamentais em escritórios particulares e governamentais, cartórios e outras repartições públicas onde documentos são marcado frequentemente.

Alguns carimbos resistem ao tempo e a modernidade estética por mais de 100 anos sem modificações, como é o caso dos carimbos de madeira e borracha, que surgiram a partir da invenção do processo de vulcanização em 1844. Atualmente os carimbos de madeira têm sido parcialmente substituídos pelos carimbos de plástico auto-entintados que possuem almofada embutida.

Existem diversos tipos de carimbos. Os mais comuns são os de madeira, confeccionados por processo computadorizado utilizando fotopolímero, líquido que proporciona melhor resolução e qualidade. Os auto-entintados possuem almofada na parte interna, tornando mais prático o ato de carimbar, bem como os numeradores (em modelos rotativos e automáticos) e os de bolso, que carimbam milhares de vezes sem necessidade de colocar tintas.

No Brasil, as vendas dos carimbos giram em torno de 50 milhões de reais ao ano. Segundo o Sebrae, são registradas, mensalmente, 12 mil novas empresas na junta comercial de São Paulo (Jucesp), que encomendam no mínimo dois carimbos com necessidade imediata – o de CNPJ e o de assinatura -, ou seja, são confeccionados 24 mil carimbos por mês, só em São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.