A TRANSFORMAÇÃO DAS PRINCIPAIS CAPITAIS PARA A COPA DE 2014

Antigo Estádio da Fonte Nova. Fonte: Wikipédia

Mais de R$ 25 bilhões serão investidos em aeroportos estádios e novos sistemas de transporte, no sentido de adequar a infraestrutura das capitais aos milhares de turistas que participarão da Copa de 2014. Doze cidades brasileiras sediarão o maior evento desportivo e midiático do mundo. Dentre elas, quatro das principais capitais do país: Salvador, Rio de Janeiro, São Paulo e Fortaleza.

Uma das principais novidades da capital da Bahia é o novo Sistema Integrado de Transporte Metropolitano da cidade, encabeçado pelo projeto do metrô. O novo modelo propõe qualificar a região metropolitana de Salvador (RMS) e a capital para a copa em 2014, tendo como prioridade a implantação de corredores de transporte metropolitano de alta capacidade na região.

Um novo estádio já está sendo construído para sediar os jogos. A Arena Fonte Nova terá acesso para jogadores, estacionamentos e vestiários. Sua estrutura abrigará o Museu do Futebol e da Música, sala de imprensa, quiosques, elevadores e sanitários. Além do estádio, a cidade contará, ainda, com a ponte Salvador – Itaparica, ampliação do terminal de passageiros do Porto, construção da segunda pista do Aeroporto, duplicação das avenidas Pinto de Aguiar e Gal Costa, além de outras ações estruturantes, que facilitarão acessibilidade na cidade e na RMS.

A segunda maior cidade do Brasil, o Rio de Janeiro tem como principal desafio melhorar a acessibilidade às áreas de expansão urbana, como a Barra da Tijuca; contar com transporte de alta capacidade entre o aeroporto internacional e os principais locais de destino; investir em sistemas de transporte e segurança pública; bem como acelerar a ligação terrestre rápida a São Paulo, entre outros. O estádio do maracanã já está sendo reformado e receberá uma nova cobertura, além de um prédio para estacionamento.


A capital paulista, uma das mais desenvolvidas do mundo, terá expansão na rede de metrô e modernização do sistema de trens urbanos, construindo uma única malha de transportes integrados que terá o padrão de qualidade do metrô. O projeto prevê sistemas VLPs e VLTs, ciclovias e ônibus comuns para complementar a rede, assim como uma rede de trens de alta velocidade, que ligará São Paulo ao Rio de Janeiro. A cidade receberá a abertura da Copa do Mundo de 2014, no Itaquerão, estádio do Corinthians, que já está em obras.

Fortaleza também sediará jogos do mundial. O estádio escolhido foi o Castelão, que terá o anel inferior das arquibancadas prolongado em 19 metros, cobertura estendida a todos os assentos e 72 camarotes, além de restaurantes e lanchonetes. A intenção é integrar o estádio a um complexo esportivo e comercial. A finalização do metrô e a despoluição da orla marítima e dos rios cocó e Maranguapinh estão entre os projetos da cidade para 2014.

Texto de Cristiano  Manaia com edição de Cícero Sena

Um Comentário para: “A TRANSFORMAÇÃO DAS PRINCIPAIS CAPITAIS PARA A COPA DE 2014

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.