ROUBO DE TEMPO BLOQUEAR OU NÃO BLOQUEAR A INTERNET 

Roubo de tempo
Roubo de tempo, um problema das empresas que trabalham com tecnologia

Um dos piores problemas que aflige empresas que usam a internet como meio de prover  produtos e serviços aos seus consumidores é o  abuso do acesso a internet por parte dos funcionários. Considerada uma causa da  baixa produtividade juntamente com  o abuso de telefones celulares e cansaço excessivo, esta pratica já ganhou o nome de roubo de tempo, time teft em inglês.

O Problema

 

O roubo de tempo esta ligado ao padrão de trabalho no mundo ocidental. Geralmente somos pagos pelo tempo gasto no trabalho e não por resultados. Quando empregado e empregadores aceitam trabalhar juntos, geralmente acertam um preço sobre  horas trabalhadas.  Seguindo esta lógica, tempo pago aos empregados é tempo da empresa e desperdiça-lo é o mesmo que roubar da empresa. Mas patrões e empregados podem não concordar neste último aspecto.

A Causa

Alguns afirmam que o roubo de tempo é mais frequente em ambientes nos quais funcionários não tem a presença de supervisores e são os únicos observando sua  produção. Já outros sugerem que o roubo de tempo na internet é simplesmente um sinal de que a empresa não tem conseguido motivar seus empregados o suficiente ou que contratou os funcionários errados.

Ao contrário do que muitos pensam, retirar a internet do ar não é uma opção viável. Isto porque não ter acesso a rede e a toda a informação disponível nela tem um alto custo.  Uma alternativa, é o estabelecimento de  uma política de comportamento que regule o acesso a rede dentro da empresa, e que informe funcionários do que é e o que não é aceitável. Mas, a melhor solução para o problema ainda parece ser convencer trabalhadores de que roubo de tempo não é uma escolha inteligente.

Roubo de tempo não é uma escolha inteligente

Bloquear o acesso a internete e implementar uma nova politica de acesso a rede tende a não ter o resultado esperado, que é aumentar a produção e o engajamento dos funcionários com o trabalho que fazem. Isto acontece simplesmente porque estas alternativas refletem  pensamentos absolutos e ineficazes na prática como:  “Se meus funcionários não tiverem a internet eles trabalharão mais” etc.

Bloquear a internet não aumentará a produção, ao contrário disso, funcionários desmotivados irão encontrar outras distrações para gastar seu tempo, ou melhor o tempo da empresa, seja com milhares de viagens ao banheiro, longas paradas para tomar um cafezinho etc. Outros mais discretos, podem  simplesmente trazer  o smartphones para o trabalho, acessando  a rede 3G sem levantar suspeitas. O insight aqui é que problema não é a internet e sim a motivação dos funcionários e é esta que precisa ser alterada.

A Solução

De acordo com o site twistimage A melhor solução  para o problema do mau uso da internet é introduzir com sucesso  o pensamento ” serei um melhor” nos funcionários. Seria algo do tipo – Novo dia, nova oportunidade de ser um melhor: supervisor(a); colega de trabalho; funcionário(a); atendente; amigo(a) etc. É verdade que isto pode não ser tão fácil o quanto parece, mas se bem implantada os resultados são bem atraentes.

Já empresas grandes com grandes volume de processamentos de dados, call centers, bancos, e lojas etc, obviamente não podem se dar o luxo de terem redes sociais  e acesso a rede irrestrito em seus sistemas, pois isto pode facilitar vazamentos de informações  valiosas e invasões e ataques oriundos  de hackers e cybercriminosos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.