PATRÃO OU PATROA? MULHERES LIDERAM EMPREENDEDORISMO

Mulher Lidera Time
Mulher Lidera Time

Elas não querem mais trabalhar para patrão. De acordo com dados do Sebrae o número de mulheres empreendedoras no Brasil deverá  subir de 24% em 2000 para 42% até 2020. Segundo pesquisa do Global Entrepreneurship Monitor (GEM) em 2010, já existem mais mulheres empreendedoras do que homens, enquanto 47% dos homens montam uma empresa, cerca de 57% das mulheres hoje, encaram sem medo o desafio de  liderar um negócio em um mundo cada vez mais competitivo.

Esses números são muitos significativos para um grupo de pessoas que no ocidente à menos de cem anos nem podia trabalhar sem a autorização dos Maridos, Irmãos e Tios e eram vistas como incapazes e  desprotegidas.

Em parte esses dados são resultados de uma maior imersão feminina no curso superior, de acordo com o censo educação 2009 que teve seus dados divulgados em 2011, 56% dos estudantes de cursos superiores são mulheres.

Outra motivação feminina ao empreendedorismo são os salários pagos por muitas empresas. No Brasil a mulher com curso  superior ainda tem média salarial menor que os homens mais podem ganhar até 225% a mais que pessoas sem nível superio. De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) homens ganham ao menos R$ 500,00 a mais que mulheres.

Com essa conjuntura não é de se estranhar que as mulheres estejam preferindo abrir suas próprias empresas em vez de trabalhar por salários menores que seus colegas homens. Em muitas empresas elas recebem menos mesmo tendo mais qualificação profissional que eles.

2 Comentários para: “PATRÃO OU PATROA? MULHERES LIDERAM EMPREENDEDORISMO

  1. Não me vejo em outra posição, a não ser a de ologiar, prestigiar e incentivar o atual papel da mulher brasileira para nossa sociedade. Com certeza essa importância sempre existiu, elas mesmas é que estavão demorando um pouco a dispertar, talvez dificultando, porém, hoje vejo o quanto que é indispensável a mulher assumir a sua verdadeira personalidade. Será que houve uma revolução, necessidade ou inteligência por parte das mulheres em se mostrar completamente útil para a diversidade de atuações quando falamos de trabalho ? Seculo XXI as mulheres não se sentem mais dependentes, elas se informaram, tomaram e continuam tomando atitudes como a de trabalhar seja onde for, hoje as mulheres não são mais donas do lar, e sim donas da sua independencia para fzr o quer e bem entendem, como liderar, comandar e até governar um País… Parabéns mulheres

    Thadeu Miranda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.