TROCANDO O CONFLITO PELO CONFRONTO

Como profissional que lida com pessoas, tenho percebido que muitas vezes confundimos a ideia do conflito com a do confronto no ambiente de trabalho. O confronto é uma prática saudável e nos faz crescer, já  o conflito anula o outro, e nos impedem de evoluir. Os confrontos muitas vezes nos levam a novas e melhores soluções. Por isto, precisamos canalizar os conflitos para canais construtivos em vez de negativos e cenários de combate pessoal.

Existem algumas situações em que criamos confrontos por um mero comentário ou maneira de agir de alguém, e deixamos de gerar uma ótima oportunidade de aprender ou compartilhar. O que quero dizer com isto é que podemos sempre aproveitar qualquer situação, como exemplo em uma troca de idéias ou em uma reunião na empresa você tem a escolha de usar “Discordo” ou “Penso Diferente”. Embora semelhantes entre si,  as duas palavras tendem a ter efeitos diferentes nos ouvintes.

Quando você diz “Discordo” automaticamente, dependendo da situação, você bloqueia qualquer diálogo ou acordo com a pessoa ou grupo em que está conversando, fazendo isso acaba com a chance de aprender algo e conhecer mais sobre determinado assunto ou pessoa: assim, está criando um conflito. Mas quando diz “Penso Diferente” você abre a porta para melhorar o seu ponto de vista embora ainda deixe claro que tem outra opinião sobre o assunto. Assim, ajudar a reunião  por acrescentar novas idéias, ou você pensa que sua idéia é tão boa que não precisa ser melhorada? Como pode ter certeza? Abaixo separei algumas dicas para ajudar a administrar bem um conflito, se beneficiar da situação  e também ajudar:

– Ataque o Assunto e não a pessoa;

– Não faça pela emoção;

– Escute;

– Esclareça suas decisões;

– Faça as coisas pensando no benefício a longo prazo.

Ao superar um conflito nos desenvolvemos psicologicamente. Entender que o conflito faz parte do relacionamento entre as pessoas e das organizações já é meio caminho andado. O conflito sob medida proporciona criatividades, inovação e a reflexão. E principalmente, proporciona o crescimento individual e coletivo das pessoas e das equipes.

Sou a favor dos conflitos e de boas práticas para administrar estes, no final das contas acredito muito que os conflitos são positivos para a contribuição e para a colaboração, cause um confronto na cabeça das pessoas, faça com que suas idéias sejam compartilhadas. Veja o como o confronto interpessoal retratado neste vídeo se desenrola e como um problema pode ser visto como uma oportunidade de aprender algo..

Se o video abaixo não aparecer imediatamente, favor atualizar a página e tudo deve se resolver.

3 Comentários para: “TROCANDO O CONFLITO PELO CONFRONTO

  1. Conflituar gera muito desgaste, confrontar não. Em um encontro casual, formal onde gera-se uma discussão sobre um determinado assunto, o mais importante sempre será considerar o ponto de vista do outro. Quero crer que, quando insiro” permita-me uma sugestão” isso quebra qualquer dificuldade de diálogo e fica mais fácil o confronto como vínculo de negociação e comparação.

  2. Muito bom o tema, Felipe! Essas situações são muito comuns no ambiente organizacional e tendem a afetar o desempenho quando mal geridas. O grande problema está na gestão que as percebe como algo inteiramente negativo e tende a eliminá-las simplesmente. Ainda que aparentemente prejudicial, os conflitos podem se tornar oportunidades de desenvolvimento, aprendizado e crescimento para as empresas e aqueles que a compõem. Parabéns! Abraços!

  3. Pingback: COMO SABER SE O PRECONCEITO SOCIAL ESTA FALINDO A SUA EMPRESA? | Nuvendigital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.