LEITURA – O QUE ELA PODE PROPORCIONAR?

música, da literatura, do cinema, da TV, da política

Que incrível é a possibilidade de viajar para Paris estando no Brasil, de voltar às revoluções do passado sem correr o perigo de ser atingido por uma bala ou ser surpreendido por uma manifestação. Fantástico também é conhecer a história de grandes nomes da música, da literatura, do cinema, da TV, da política, de qualquer campo social, sem nem mesmo ter vivido no seu tempo.

Assim é a leitura. Há quem nunca teve a oportunidade de ler um livro, há quem nunca teve saco para ler, mas quem já teve a possibilidade, e quem faz questão de juntar as palavras na mente, sabe: a leitura nos tira do mundo real, nos transforma em protagonistas, faz-nos compreender melhor o mundo em que vivemos e, acima de tudo, aprofunda os nossos conhecimentos.

Quem lê chora, se espanta, xinga, sorri, se decepciona, se alegra. É algo mágico, é uma sensação única e, muitas vezes, inesquecível. Em busca destas reações, muitos leem um mesmo livro inúmeras vezes, só para se emocionar, só para se alegrar, para rir ou para chorar mais uma vez. Vai entender, né? É a leitura!

No Brasil, a literatura é um dos campos mais ricos em todos os campos. Dividida em diversos estilos, separados por etapas no decorrer da história do país, a literatura brasileira teve grande influência portuguesa, como é o caso do movimento barroco, que surgiu no final do século XVI no Brasil e seguiu até o final do XVII, A escola foi introduzida pelos portugueses, quando ainda não havia uma produção cultural significativa no Brasil. Em sua essência, o Barroco trazia textos metafóricos, cheio de paradoxos, abordando a fragilidade humana, a crítica à vaidade e as contradições do amor.

Outros movimentos literários, como o Quinhentismo, Romantismo e Pré-Modernismo, também fizeram parte da literatura brasileira e contribuíram para o que hoje é chamado de literatura Moderna. Machado de Assis, José de Alencar, Monteiro Lobato, Jorge Amado e João Ubaldo Ribeiro são alguns dos autores nacionais que escreveram a história da escrita no Brasil e até hoje são tidos como mestres da literatura.

A leitura desenvolve a capacidade de se indignar diante dos problemas sociais, de argumentar frente à resolução destes problemas. O intelectual humano é alimentado pelos textos, pelas revistas, jornais, livros, ou seja, a leitura é fundamental ao Homem, e, mais do que conhecer novos horizontes , a leitura aguça a sabedoria e transforma as pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.