HISTÓRIAS E RECEITAS: PAMONHA

 

Fonte: Wikipédia Autor: Jorge Peixoto

Quem nunca ouviu falar da pamonha? Aquela massa de milho verde fresquinha, as vezes ainda quentinha enrolada no sabugo de milho e que dá água na boca em crianças, jovens, adultos e em muitos vovôs e vovós do Brasil?

A pamonha é realmente uns dos quitutes mais conhecidos por todo Brasil, principalmente em toda região do Nordeste, e nos estados de: Minas Gerais, Goias e em São Paulo.

O popular marketing das Pamonhas de Piracicaba realizada por toda São Paulo desde a década de 1960 deu a pamonha o ar de popularidade nacional! Foi Dirceu Bigelli quem gravou e comercializou a grande frota de carros com as famosas Pamonhas de Piracicaba. O auto-falante dos carros dos vendedores desta frota chamavam a atenção do povo: “Pamonhas, pamonhas de Piracicaba é o puro creme do milho, venha provar minha senhora…”.

Foi nesta mesma década que o município de São Paulo entrou para história como o maior vendedor de pamonha, eram cerca de 5.000 pamonhas vendidas por dia – contando apenas com as da frota das Pamonhas de Piracicaba do Seu Dirceu!

Este marketing todo das Pamonhas de Piracicaba as fizeram famosas até hoje por todo Brasil e fora do País! Muitas emissoras de televisão já fizeram matérias, reportagens e entrevistas com os produtores da tal pamonha de Piracicaba – isso sem falar dos jornais e revistas.

Todo apaixonado por pamonha teve ou ainda tem a vontade de conhecer o sabor da pamonha histórica de Piracicaba – a mais famosa pamonha de todas! Mas vamos combinar né? Fazer a pamonha na sua casa também não é difícil! Que tal aprendermos juntos a preparar este delicioso quitute?

O Nuven Digital pesquisou receitas de pamonha pela internet, e foi encontrado no portal M de Mulher do site Abril, uma receita de pamonha que apresenta o modo tradicional de se fazer e comer o delicioso quitute, confira abaixo:

RECEITA: PAMONHA
Fonte:
M de Mulher – Abril

Ingredientes

. 6 espigas grandes de milho

. 1/2 xícara (chá) de açúcar
. 1/2 xícara (chá) de leite de coco
. 1 pitada de sal

Modo de preparo

1. Descasque os milhos cuidadosamente e reserve as palhas inteiras.

2. Rale as espigas no ralador grosso. Ponha em uma tigela e acrescente o açúcar, o leite de coco e o sal. Misture cuidadosamente com uma colher de pau.

3. Pegue as palhas reservadas, dobre-as ao meio e costure-as dos lados, para formar um saco pequeno.

4. Preencha com o creme de milho e feche a ponta amarrando com um barbante.

5. Em uma panela grande, ponha água para ferver. Coloque as trouxinhas de milho na água fervente e cozinhe por aproximadamente 90 minutos.

6. Retire com o auxílio de uma escumadeira e deixe escorrer. Sirva frio ou quente.

Dica: escalde as palhas do milho em água fervente para poder embrulhar a pamonha com mais facilidade.

Espero que todos tenham adorado a história e a receita da pamonha! Em breve voltamos com outras histórias e receitas, fique ligado!

Leia outros textos de Rodrigo Saraiva:
http://digitarcomdeus.blogspot.com

Fonte da Receita: Portal M de Mulher – Editora Abril

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.