5 FERRAMENTAS PARA PEGAR PLAGIADORES NO ATO

Plagiarismo é um grande problema para blogueiros na  internet
Plagiarismo é um grande problema para blogueiros na internet

Ser vítima de plágio é um medo de muitos blogueiro. Entretanto o hábito de copiar e colar sem dar créditos a fonte é algo que se prolifera na blogosfera como uma praga. Para quem está interessado em descobrir se está sendo vítima de kibadores (blogueiros que copiam textos alheios) existe uma quantidade considerável de ferramentas gratuitas disponíveis na internet. Quer saber quais são algumas delas confira a lista abaixo:
1 – Viper

Esse programa gratuito promete te ajudar a pegar aquele kibeiro que copiou o seu texto e nem mencionou seu nome no post. Entretanto é bom ter cuidado, as vezes esse programa confunde postagens parecidas com plágio. Lembre-se, no mundo da Internet se você tem uma grande ideia outras milhares de pessoas também a tiveram.

2 – Plagius

Quer pegar aquele seu estudante metido a esperto no flagra? O plagius é o seu programa. Esse softwere analisa documentos em diversos formatos, que vão do PDF ao OpenOffecce.
A vantagem dessa ferramenta está na simplicidade do seu uso.

3- Plagium

Para quem está interessado em pegar um kibeiro, mas não gosta muito de ficar instalando programas em seu computador o site plagium é o que eu você precisa. Essa ferramenta faz uma busca na web para encontrar kibeiros que andaram plagiando no seu blog.

4 – AntiPlagiarist

Esse programa é outra ótima pedida para pegar kibadores no flagra. Com uma interface simples que não exige grandes esse softwere percebe plágio tanto na rede como em trabalhos acadêmicos.

5 – Embed Article

Serviço gratuito via web que tem como objetivo encontrar cópias não autorizadas do seu texto. Com o Embed Article kibadores não tem muita vez. Esse tipo de ferramenta é vantajosa por economizar espaço na memória do seu computador e para quem não tem super-máquinas isso vale ouro.

Um Comentário para: “5 FERRAMENTAS PARA PEGAR PLAGIADORES NO ATO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.