“Ebola no Brasil” – Ministério da Saúde faz recomendações a viajantes sobre casos de Ebola na Africa

Com o número de mortos chegando a 729, a última explosão de casos da febre hemorrágica causada pelo vírus Ebola na Africa, tem chamado à atenção dos Brasileiros. O governo Brasileiro até mesmo enviou remédios para os países afetados pelo vírus.

Mas, o que todos queremos saber mesmo é: Quais as recomendações do governo para o caso de casos da doença serem notificados no Brasil ou continuarem se espalhando pelo mundo? O surto do vírus Ebola de 2014 já é o maior da história da doença que até agora só atingiu de forma contagiosa o continente africano.

Para informações oficiais  sobre o Ebola visite sempre os sites oficias do Governo Municipal, Estadual e Federal assim como os sites da ONU :

História do Ebola

Segundo a Wikpédia (em inglês) esta é a 29 vez em que o mundo enfrenta a doença causada pelo virus Ebola desde o seu aparecimento em 1976. A grande maioria delas o vírus ficou contido ao continente africano. Mas com o aumento do transito de passageiros internacionais pelo mundo, alguns temem que aviões sirvam como meios de transporte para o vírus sair da Africa.

Medo de Avião

Um cidadão americano, Patrick Sawyer, 40, morreu na cidade de Lagos, Nigéria,na sexta-feira 25 de Julho, depois de ser infectado pelo vírus do Ebola. Acredita-se que ele tenha sido infectado em contato com um parente que morreu na Libéria infectado pelo vírus Ebola. Calcula-se que durante a viagem ele tenha tido contato com 59 pessoas.

Recomendações do Ministério da Saúde sobre o Ebola

O Ministério da Saúde do Brasil fez algumas recomendações sobre o vírus ebola. Segundo o site Saúde plena do sites.uai.com.br o Órgão Brasileiro afirmou que embora as possibilidades de disseminação global do vírus seja muito baixa, os profissionais de saúde devem ficar atentos a viajantes que apresentem os sistomas da doença causada pelo Ebola.

O Órgão Federal também indicou que brasileiros que viagem pelos locais atingidos pela doença Ebola devem evitar contato com sangue ou fluidos corporais de qualquer pessoa doente.

Ebola em outros países

Já a população de outros países também se preocupam com o vírus. No Reino Unido, por exemplo, autoridades já planejam alternativas caso a doença chegue ao país esta apreensiva. Sites ingleses divulgam dicas de proteção como evitar contato com pessoas infectadas pelo Ebola e fatos úteis como saber que alguém que se recuperou do ebola ainda pode transmitir o vírus por via sexual por até sete semanas depois do desaparecimento dos sintomas.

Desenvolvimento de Vacinas contra o Vírus Ebola

Pesquisa para o desenvolvimento de tratamentos e vacinas contra o vírus Ebola já existem desde quando a doença foi identificada. Mas, de acordo com o site de notícias do UOL, O governo Americano prometeu começar os testes de vacinas contra o vírus Ebola em humanos ainda este anos e resultados devem estar disponíveis já em 2015. Para ler a matéria do Uol clique aqui.

Como saber mais sobre o Ebola

Para ficar por dentro das dicas do Governo sobre os casos de Ebola no mundo, visite sempre o site oficial do Ministério da Saúde e dos orgãos de saúde do seu estado e cidade. Outro opção útil de se visitar é o site da OMS – Organização Mundial da Saúde. Pois eles são a autoridade para  sugerir restrição de acesso as áreas afetadas pelo vírus na Africa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.