Como turbinar seu currículo e chamar a atenção dos recrutadores

Com o aumento da competição no mercado de trabalho, não é nem preciso gastar muitas linhas justificando o porquê de um currículo benfeito poder ser a diferença entre chegar mais perto da tão desejada vaga de trabalho e fazer a viagem de volta à lista dos classificados e sites de emprego. Afinal, seu currículo deve [ou deveria] dizer tudo sobre você para que os recrutadores decidam fazer uma entrevista com você.

E é preciso ser bom. Há aqueles que sugerem que um bom recrutador leva apenas 7 segundos, para decidir ler ou descartar um currículo. E como ainda não existe um modelo oficial único de currículo, decidimos coletar em um único post algumas das principais dicas para construir um bom curriculum vitae dadas por especialistas.

Abaixo listamos as dicas de três especialistas na área de RH e processamento de currículos Angélica Dias, Bruna Almeida e o Cláudio Santos. Você pode conferir os vídeos de cada um deles no YouTube e aprender mais – Por isto, colocamos os links depois da lista abaixo.

Então, indo direto ao ponto, quando falamos a respeito de currículos temos basicamente três tipos de elementos em seu conteúdo: os obrigatórios, os opcionais e os proibidos. Confira a lista abaixo e comece a turbinar seu currículo hoje mesmo.

Os necessários – O que devo colocar em meu currículo

  • Dados pessoais – Seu nome completo, endereço, telefone e e-mail, estado civil e idade (não é necessário adicionar links de redes sociais);
  • Objetivo/Área visada – Aqui é possível responder àquelas perguntas básicas: O que você deseja? Que área quer atuar e o que deseja em troca? Sempre de forma sucinta, ou simplesmente pode anunciar o cargo que se candidata se isto já lhe tiver sido informado.
  • Síntese de qualificação – Aqui você pode listar as empresas em que trabalhou, cargos exercidos e a duração do vínculo empregatício.
  • Formação – Aqui é que vão os cursos certificados pelo MEC. A ordem indicada é os mais recentes ou mais elevados primeiro e só depois os mais antigos;
  • Cursos – Aqui você pode listar os cursos que realizou, se tiver feito muitos, selecione apenas o que serão interessantes para empregador ou recrutador ou ainda o cargo a que deseja concorrer ( só coloque as datas de início ou conclusão se souber de todas. A dica é: ou informa todas, ou nenhuma);
  • Idiomas – Liste aqui os idiomas estrangeiros que domina e lembre-se de apontar qual o seu nível de proficiência nesse idioma (básico, médio, avançado, fluente etc.).

Os optativos – O que posso colocar em meu currículo se tiver vontade

  • Currículos longos – Se for optar por fazer um currículo longo com duas páginas, poderá separa a experiência profissional em três partes ( note que em currículos curtos pode ser mais prático colocar esta informação toda dentro de um mesmo item):
    • Síntese de qualificação – Resumo da carreira de 3 a 6 parágrafos com 3 linhas no máximo em cada um;
    • Histórico Profissional – Aqui lista-se os nomes das empresas em que se trabalhou, o seguimento de trabalho da empresa e a função. É possível também listar a duração do vínculo de trabalho;
    • Experiência profissional – Lista de atividades exercidas profissionalmente. Vale lembrar que você pode listar estas opções debaixo de cada idem do Histórico Profissional ou como um item separado de seu currículo;
  • Pode-se usar ou não usar subtítulos em todos os itens e as bordas são opcionais também.
  • Data e assinatura – Alguns especialistas dizem que estes dois itens são desnecessários nos currículos; no entanto, como eles mesmos afirmam que o currículo precisa estar atualizado, colocamos este item como opcional.

Os proibidos – O que não devo colocar em meu currículo mesmo que minha mão coce

  • Fotos muito descontraídas ou retiradas das Redes Sociais – Nada de Selfie;
  • Informar qualificações que não possui – Mentir não pode;
  • Mais de duas páginas – Os recrutadores têm que ler muitos currículos – Então, nada de sair escrevendo teses de doutorado, segundo os especialistas, o bom aqui é ser claro e objetivo;
  • Marca de caneca e respingos diversos– eles não serão muito bem-vistos se. Imagine o alguém pensaria ao perceber que você deixou cair café, chocolate ou qualquer outro líquido ou alimento em cima de seu currículo. Lembre-se ele será o seu representante, ele literalmente fala por você, será a primeira impressão que terão sua, até que os recrutadores decidam conhecer você pessoalmente;

Vale lembrar que estas dicas são gerais, isso quer dizer que: se algum empregador requerer a presença de um item especifico não listado acima, desde que este pedido seja legal, o ideal é que você inclua a informação requerida.

Precisa de uma opinião ou ajuda formatando seu currículo? Deixe um recado em nossa lista de comentários abaixo ou utilize a caixa de chat (online/offline, deixe uma mensagem) para saber como podemos te ajudar.

Bem – quase íamos esquecendo – para ver os vídeos sobre como fazer currículos da Angélica Dias, Bruna Almeida e do Cláudio Santos é só clicar no nome deles e ser redirecionado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.